OCA GLACIACION

O gastador

Era um filho gastador de dinheiro. O pai, rico, vivia a adverti-lo.

- Você gasta muito,…e se continuar a gastar dinheiro assim, com mulheres, jogos, vícios, bebidas, etc, certamente acabará numa forca. E deu lhe uma corda e mostrou até o lugar onde ele deveria se enforcar.

A casa, uma mansão, e bem no meio da imensa sala – uma enorme viga horizontal – acima dos lustres, as tábuas de mogno as enfeitava – e haviam gretas vazias verticais em toda a extensão dela,…

- Ali, bem ali, naquela enorme viga transversal – é ali que você deverá se enforcar. “Roupa suja” se lava em casa- esse é o único pedido que lhe faço.

MansiónOs anos “voaram”, o pai, já velhinho e ainda abastado, faleceu. Chorou ele lágrimas secas e continuou a “queimar”, a “torrar” o dinheiro em festas, baladas, só não vendera a casa,…ali fazia as suas gandaias.

E o dia da premonição paterna chegou, “durinho da Silva”. Lembrou-se da corda, do pedido do pai – iria se matar.

A escada tocou na enorme viga e uma nuvem de pó-ocre-podre, de restos de cupins, de traças, de madeira,…quase ofuscou-lhe o intuito macabro. A corda envolta no pescoço, a outra ponta bem amarrada na viga e,…

Estatelou-se no chão; um “mar” de moedas de ouro, prata, valiosíssimas, reais notas de reais, de dólares, carcomidas pelo tempo, derramou sobre ele.

O velho, por longos anos, escondera ali uma fortuna, com medo do filho “queimá-la”. E, talvez, soubesse que o gastador cumpriria a promessa. Sabia das traças, dos cupins, dos podres do tempo, do arrependimento, da transformação e da conversão do filho.

E durante anos a fio, os cupins, as traças, o tempo, roeram as entranhas da enorme viga-cofre em iminente queda- bem no alto da enorme sala. A mesma não suportou o peso-obeso do gastador de fortuna alheia e veio ao chão junto a um mar de dinheiro. Agora gastaria a fortuna com sabedoria. Deixou de lado os vícios mundanos.

Convertido, guardou, como mórbida lembrança, a corda, cujo nó, literalmente havia “enforcado” toda a sua arrogância, ganância e desobediência.

Imprimir artículo Imprimir artículo

Comparte este artículo

Deja un comentario

Por favor ten presente que: los comentarios son revisados previamente a su publicación, y esta tarea puede llevar algo de retraso. No hay necesidad de que envíes tu comentario de nuevo.